Segundo um levantamento feito pela Sociomantic, a penetração de smartphones no Brasil entre 2013 e 2015 subiu de 53% para 90%. Essa mesma pesquisa mostrou que as campanhas in-app têm taxa de conversão 70% maior, além de conquistar 50% mais vendas do que campanhas web mobile. 

Já se tornou recorrente ler histórias de empresas que alcançaram sucesso graças aos apps. Mas será que criar um aplicativo é sempre a escolha certa para um negócio? É o que vamos descobrir a seguir!

Quais são os benefícios de criar um aplicativo para a empresa?

Se o marketing digital mudou paradigmas para a vertente tradicional, o mobile marketing está transformando a rotina de comunicadores, desenvolvedores e usuários, oferecendo mais vantagens para o consumidor, customizações e recursos para acompanhamento de resultados.

Experiência do usuário

Os usuários interagem diretamente com as plataformas em seus smartphones. Isso permite que sua empresa personalize a experiência do cliente. Sua marca também ganha mais recursos para direcionar ofertas às necessidades do consumidor.

Além disso, os recursos de notificação possibilitam que o usuário tenha mais engajamento com os produtos, serviços e conteúdos produzidos pelo seu negócio. 

Novas oportunidades de interação com o usuário

Em filas de espera ou momentos ociosos, todos nós interagimos, de alguma forma, com a tecnologia dos aplicativos. Com isso, sua empresa ganha a chance de estar presente na vida do usuário até mesmo nos momentos de distração.

Unir diversão e negócios é uma ótima oportunidade para crescer!

Feedback instantâneo

A resposta do usuário pode ser rastreada instantaneamente por meio dos apps. Isso permite que sua marca entenda melhor o comportamento do público, melhorando seus produtos e serviços. 

E quando a criação de aplicativos não é a melhor escolha?

O levantamento da Sociomantic que mencionamos anteriormente mostrou também que 80% dos aplicativos baixados são usados apenas uma vez, ou seja, eles não representaram valor para os usuários. 

As app stores estão repletas de alternativas para os mais diversos gostos. Para quem não acompanha o mundo tecnológico de perto, criar um aplicativo parece ser um passo imprescindível para alcançar o sucesso.

Contudo, um aplicativo nem sempre vale a pena. A seguir, veja alguns sinais de que você deveria deixar esse projeto para outra hora! 

Você não tem capital para investir

Embora muitos aplicativos sejam ofertados gratuitamente, criar um não é barato. O desenvolvimento de uma ferramenta útil, que engaje usuários no propósito de seu negócio, requer muitos investimentos. 

Antes de investir na criação de um aplicativo, pense no que deseja propor, quais são os passos necessários para isso e se você tem recursos para pagar pessoas capacitadas para executar essas tarefas. 

Você só está replicando seu site

É comum que os desenvolvedores se deparem com clientes que desejam replicar as mesmas funcionalidades do site que eles já têm, mas se um site já faz tudo o que o negócio precisa, por que criar um aplicativo?

Encomendar um aplicativo apenas para “surfar” na onda dos aplicativos não acrescenta nenhum valor ao seu empreendimento.

Afinal, o grande motivo para uma empresa ter um app é a proposta de alguma ação, funcionalidade ou informação diferencial e recorrente — que o usuário possa acessar sempre. Se não, um site mobile já seria suficiente.

Você só quer lucrar

As histórias de adolescentes que fizeram uma fortuna em cima de aplicativos já se tornaram um chavão. Se você deseja criar um app só para lucrar, é melhor parar e refletir. 

A criação de um aplicativo envolve algum propósito. Um app, como afirmamos, precisa mostrar valor para a rotina do usuário já na primeira interação.

Desenvolver ações de comunicação para dispositivos mobile é, geralmente, mais acessível, em comparação às campanhas voltadas para desktop. Além disso, os aplicativos ajudam a melhorar as taxas de engajamento, a interação com o usuário e a obter feedbacks instantaneamente. 

Entretanto, de nada adianta criar um aplicativo se você não sabe para que ele serve ou se não tem recursos para investir. Pense nisso antes de encomendar o seu!

Se você gostou do post, curta a nossa página no Facebook e fique ligado nas novidades do meio digital!