Quem não trabalha com marketing digital pode desconhecer o conceito de arquitetura da informação (AI), mas com certeza sabe dizer se um site é fácil de usar ou não. Afinal, essa percepção está relacionada à forma como os elementos estão organizados em uma página e influencia (e muito) na compreensão das informações.

Quer saber mais sobre o assunto? Então acompanhe este post e conheça a arquitetura de informação e qual é sua importância em um projeto online.

O que é arquitetura da informação?

Podemos dizer que AI é a estruturação das informações de um site de modo a permitir que o usuário encontre com facilidade o que procura. Vale lembrar que esse conceito nasceu na década de 1970 e vem de muito antes do boom do digital.

Antes, o profissional responsável por esse trabalho era o arquiteto de informação. No entanto, hoje em dia, com a Internet das Coisas, não é mais possível falar de AI sem tratar de um outro conceito: o de User Experience (UX) que, em português, significa experiência do usuário.

Por esse motivo, o arquiteto de informação é agora chamado de UX designer. Além de organizar o arranjo dos elementos, ele também pensa a experiência do usuário em sua interação com o produto digital, seja um app no smartphone, um totem interativo ou uma geladeira conectada. A ideia é torná-la a mais simples e natural possível, aumentando a sua satisfação.

Qual é a sua importância?

A maneira como as informações são dispostas em uma página influencia bastante a compreensão das pessoas. No caso de um site, por exemplo, ela contribui para a criação de hierarquias, taxonomias, categorizações, navegação e metadados.

Além disso, na hora de planejá-lo, o UX designer leva em conta o público-alvo da página, o seu conteúdo e também a tecnologia a ser usada. Isso porque a forma como o usuário navega tem a ver com o seu contexto social, cultural e a sua familiaridade com a tecnologia.

Vale a pena contratar uma agência para cuidar disso?

Sim, vale muito a pena contratar uma agência digital com profissionais especializados em UX para cuidar do desenvolvimento do seu site ou de sua interface.

Afinal, a experiência do usuário engloba as vivências e as emoções que um usuário tem ao acessar a sua plataforma, e isso é decisivo na sua escolha de continuar a visita ou de procurar o concorrente.

Um visitante satisfeito está muito mais propenso a se engajar com a sua marca e efetuar uma conversão. Quem passa por uma experiência negativa acaba desconfiando da credibilidade da sua empresa.

Pense em um e-commerce: se o usuário ficar perdido em uma etapa da compra, as chances dele abandonar o carrinho aumentam. Por outro lado, se ele estiver seguro e tranquilo, pode resolver dar uma olhada em outros produtos.

E então, já está convencido da importância da arquitetura da informação no planejamento do seu site? Invista em uma boa experiência do usuário e otimize o ROI do seu negócio!

Gostou de saber o que é arquitetura da informação e qual é a sua importância? Então entre em contato conosco e conheça os nossos serviços!