O mercado muda, portanto, as marcas também precisam se transformar. Quando foi a última vez que a sua empresa passou por alguma transição desse tipo? Em determinados casos, é necessário realizar um reposicionamento de marca para permanecer relevante e conquistar ainda mais oportunidades de sucesso.

Um reposicionamento de marca, ou rebranding, é o momento em que uma empresa decide rever a sua própria identidade e a maneira como se projeta em seu respectivo mercado. Como é algo que tem tudo a ver com marketing, requer um planejamento competente para se tornar algo mais próximo do que se deseja e comunicar a mudança com eficácia.

Por ser tratar de algo bastante impactante na vida de uma empresa, um reposicionamento de marca não deve ser feito de modo impulsivo. Na verdade, o correto é que seja a solução para um problema. É necessário obter um diagnóstico preciso a partir de uma análise cuidadosa do contexto da sua empresa.

Quando é a hora certa de fazer um reposicionamento de marca?

Empresas podem passar por mudanças internamente que causem a necessidade de um reposicionamento de marca. É o caso, por exemplo, de fusões ou aquisições, que obrigam que a recém-formada companhia tenha bem definida a sua identidade para o mercado.

Mudanças no mercado também podem influenciar nesse processo. Ao perceber tendências fortes que ainda não correspondem à realidade da sua empresa, pode estar na hora de um reposicionamento de marca.

Modificações no comportamento e características do público são o suficiente para uma empresa rever a forma como se posiciona. Os clientes de hoje são bastante diferentes daqueles do passado, então é importante ficar de olho nessas movimentações e se adaptar, quando necessário.

De que forma fazer um reposicionamento de marca?

Entenda seu público-alvo

Todo o propósito de um reposicionamento de marca gira em torno de se aproximar mais do seu público-alvo. Então, é essencial que você compreenda as expectativas e necessidades dessas pessoas para que elas possam se tornar seus clientes. Procure entender seus hábitos e quais características do seu rebranding teriam apelo para eles.

Use estratégias de diferenciação

Um reposicionamento de marca é uma ótima oportunidade para reconquistar espaço perdido para os concorrentes em seu mercado. Buscar um novo diferencial é um caminho para facilitar esse processo, logo, busque por aquilo que conseguirá destacar seu produto em meio a outros semelhantes.

Use as ferramentas adequadas

As suas ações de reposicionamento de marca não precisam e nem devem ser feitas manualmente. Hoje em dia, o marketing conta com uma série de ferramentas que otimizam o tempo e proporcionam resultados superiores. Avalie quais são as suas necessidades e busque os recursos certos para conduzi-los.

Analise seus resultados

Como ter certeza de que a sua estratégia de reposicionamento de marca deu certo? Você tem que analisar os resultados obtidos com ela e comparar seus números com os do passado. A partir desse monitoramento de métricas, fica possível acompanhar a sua evolução ao longo do tempo e traçar planos para ações futuras.

Está na hora de um reposicionamento de marca?

Agora que você já sabe como fazer um rebranding e quais os sinais de que a sua empresa precisa de um, basta ficar de olho para tomar a decisão certa. Considere todas as variáveis, os seus objetivos e as características do seu mercado para avaliar a sua atuação. Um reposicionamento de marca é um movimento bastante significativo, portanto, deve ser bem planejado e executado.

Quais benefícios você pretende aproveitar de um reposicionamento de marca? Conte para a gente usando o campo de comentários!