Um site na internet é uma excelente forma de solidificar a visibilidade de uma empresa e gerar negócios continuamente. Mas para ter certeza de que você está obtendo bons resultados, é necessário ficar de olho nas métricas do Google Analytics.

Se você ainda não conhece, saiba que é uma ferramenta robusta focada em métricas de performance, permitindo a análise de diversos aspectos do sucesso do seu site. Por meio dela é possível conferir seu volume de visitas, como esses acessos chegaram, caminhos percorridos pelos visitantes, entre outros.

Para ter certeza de que está no caminho certo, não basta apenas ter acesso à ferramenta. Você precisa saber quais indicadores observar e, especialmente, o que cada um deles realmente significa.

Veja a seguir as principais métricas do Google Analytics que você precisa acompanhar:

Taxa de novas visitas

Por mais que seja importante fidelizar seu público, você também deve ter um fluxo produtivo de novos visitantes chegando até o seu site. Essa é uma das métricas do Google Analytics que você precisa acompanhar para comprovar a eficiência dos seus canais de divulgação.

Um equilíbrio entre visitas novas e repetidas é o ideal para a maioria dos negócios. Ambos oferecem benefícios para a estratégia, sendo que um não tem que se sobressair ao outro.

Taxa de rejeição

Essa é uma das métricas que permitem analisar a receptividade do seu conteúdo junto aos visitantes. Uma taxa de rejeição alta quer dizer que as pessoas estão saindo muito rápido do seu site, o que significa que não encontraram o que estavam procurando.

Lembre-se que esse indicador não necessariamente é algo ruim. Pode ser que o seu público esteja deixando a sua página porque encontrou o que procurava. Antes de tomar decisões baseando-se em métricas do Google Analytics procure compreender o contexto delas.

Duração média da sessão

Quanto tempo dura uma visita de uma única pessoa? Isso quase sempre tem relação direta com a relevância que as suas páginas têm para o visitante, portanto você deve investir cada vez mais em recheá-lo de conteúdo que gere identificação junto a ele.

No entanto, da mesma forma que com a taxa de rejeição, uma duração longa não necessariamente significa que o seu público está tendo uma boa experiência. Pode ser que algum problema ou dificuldade esteja aumentando esse número.

Origens de tráfego

Em qualquer modelo estratégico você precisa saber de onde estão vindo as suas visitas. Isso ajuda a ver como estão sendo eficientes os seus canais de mídia ao mesmo tempo em que permite descobrir citações ao seu próprio site em outros espaços.

As métricas do Google Analytics concentradas em origens de tráfego também mostram a força das buscas orgânicas que chegam ao seu site, com os termos mais usados para pesquisas no Google.

Uma boa análise de performance é essencial para qualquer site na internet. Se a sua empresa quer obter sucesso através do meio digital, as métricas do Google Analytics servirão como indicadores competentes disso. Baseie-se nos números recomendados acima para começar a construir a sua estratégia de monitoramento, mantendo-se sempre em busca de resultados cada vez melhores.

Que tal continuar por dentro das principais técnicas para trazer mais sucesso para o seu site? Cadastre-se na nossa newsletter!